09 de janeiro de 2017

Li e recomendo: O guia para ser você mesma (estilo, inspiração e beleza)

Cotidiano

A minha formação acadêmica sempre me deixa com os dois pés atrás quando uma editora encomenda livros aos chamados influenciadores digitais (muitos deles blogueiros e/ou youtubers sem qualquer formação em comunicação). Isso porque já dei chance a vários desses exemplares e a decepção foi de doer a alma. Livros sem pé nem cabeça, com público-alvo totalmente incoerente com o trabalho realizado pelo autor (?), nitidamente produzidos com fins comerciais e, pior, sem qualquer coerência de ideias. Como diria uma colega de faculdade, “um verdadeiro pastel de vento”.

Acontece que, no meio dessa desenfreada euforia editorial, ainda há gente talentosa, capaz de colocar no papel muitas ideias que fazem sentido e que precisam, sim, ser compartilhadas. Um exemplo disso são as queridas Lia Camargo e Melina Souza , que recentemente escreveram O guia para ser você mesma (estilo, inspiração e beleza).

o guia para ser você mesma 2

o guia para ser você mesma

Sabe quando um livro reflete verdadeiramente a essência do trabalho de alguém? Na linguagem, nas fotos, nos cuidados com cada informação? É esse! ♥

A Lia foi a primeira blogueira de moda que acompanhei aqui na internet (talvez porque ela esteja na internet desde sempre, né?!hahaha). Sempre fiquei encantada com o jeito doce com o qual ela escreve e com a forma leve com a qual ela compartilha a vida com seus leitores. Já o trabalho da Mel conheci há pouco mais de dois anos, mas, de lá pra cá, sua autenticidade e seu feed do Instagram têm me inspirado diariamente.

o guia para ser você mesma 8

Desprovido de regras e com a identidade de cada uma delas, O guia para ser você mesma é como uma conversa com suas melhores amigas, que cresceram juntas com você e, agora, têm dúvidas que vão além das da escola, sabe?  Há desabafos da vida real, textos sobre sororidade, dicas de moda, de estilo, de fotografia e de culinária. Há sugestões de filmes, séries e livros inspiradores, bem como de viagens e lugares super legais nas cidades mais turísticas do mundo!

o guia para ser você mesma 7

o guia para ser você mesma 4

A história de algumas mulheres inspiradoras é uma das minhas partes favoritas do livro

o guia para ser você mesma 6

Receitinha que já quero fazer <3

Se você quer um livro leve, desses que a gente guarda com muito carinho para ler e reler em várias fases da vida, super recomendo. E recomendo também que vocês acompanhem o trabalho das meninas nos blogs e nas redes sociais!

O guia para ser você mesma é da Editora Record e pode ser adquirido em várias livrarias físicas ou online. Comprei o meu na Escariz do Shopping Riomar por R$ 49,90, mas vi aqui que na Saraiva online está por R$ 29,90! Aproveitem!!!

*As páginas completas do livro não foram exibidas a fim de preservar seus direitos autorais.

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira
06 de janeiro de 2017

7 dicas de beleza para te deixar mais LINDA neste verão

Beleza

O verão 2017 chegou pra gente suar magma faça chuva (oi?, cadê?) ou faça – muito – sol! É só colocar os pés na rua que vem aquele caloooooor de derreter, mas é preciso ir ao trabalho, à escola, à faculdade, ao médico… Enfim, é preciso viver fora do ventilador/ar condicionado ainda que derretendo, né?! kkkk

Por isso, separei 7 dicas de beleza para amenizar o sufoco e que vão te deixar mais LINDA neste verão.

dicas - linda summer 2

1 – Use protetor solar – Com esse sol de suar magma, usar protetor é mais que uma dica. É uma regra para este e para os muitos – e mais quentes – verões que estão por vir! Como tenho a pele muito sensível ao sol, procuro escolher produtos com FPS > 30 para o rosto e que sejam de toque seco, pois de grudenta já basta a mistura água + sal + areia, né?! hahaha Além de protegerem dos raios UVA e UVB, eles previnem o envelhecimento precoce da pele e evitam queimaduras. Tem posts com meus favoritos aqui.

2 – Tome sol sem protetor – Mas só antes das 10h e depois das 16h, tá? Fora desses horários, vale a dica número 1 SEMPRE! Sei que parece meio contraditório, mas a exposição solar – sem uso de protetor – é responsável por 80% a 90% da Vitamina D no nosso organismo. Vitamina essa responsável pela manutenção do tecido ósseo e sistema imunológico, já tendo suas baixas dosagens associadas, inclusive, a doenças psíquicas como depressão.

No final de 2015, minha dosagem estava tão abaixo do mínimo permitido que o médico foi bem enfático: “Além da suplementação por seis meses, a senhorita vai tomar sol todos os dias com ZERO proteção química. Quer que eu desenhe?”

Ele não precisou desenhar, mas eu precisei tomar sol vigiada, igual a recém-nascido. Mas depois da suplementação e da viagem a Jericoacoara, minha  gente , Vitamina D é o que não falta nesse corpitcho!

3 – Proteção física já! – Moro na região Nordeste e, mesmo sob esse clima vulcânico, raramente vejo alguém usando chapéus ou sombrinhas nas ruas. A impressão que dá é que esses objetos só têm utilidade para fotos ou, no caso mais específico das sombrinhas, para a chuva… Gente, chapéu é para proteger do sol! Assim como óculos escuros, bonés, bandanas… Tem que usar!

4 – Beba muita água – Sei que não é tão simples. Se fosse, não estaria dentre as minhas metas para 2017. Acontece que, durante o verão, a vigilância precisa ser maior, uma vez que nosso corpo acaba eliminando mais líquidos através da urina e da transpiração. Tem que repor! Faz bem para a pele, para os cabelos, para a coluna, para a disposição, para a alma. Água é vida! E, por enquanto, ainda tem. Bora aproveitar!

5 – Pratique exercícios ao ar livre –Definitivamente, eu já desisti de academia, mesmo nunca tendo começado. Não gosto do ambiente, daquele povo todo se querendo na frente do espelho, daqueles aparelhos suados… Podem me julgar, mas não gosto e acabou! Prefiro mil vezes suar ao ar livre, numa caminhada com árvores e passarinhos ao redor. Acho mais motivador, sério. Se você também tem dificuldades para se exercitar em academias, é uma ótima sugestão. Se você não sai de uma, maravilha (pra você rsrs ). Brincadeiras à parte, o importante mesmo é aproveitar os dias ensolarados para se exercitar, ok?!

6 – Aposte nos produtos à prova d’água ou com texturas menos cremosas – Quanto menos a gente derreter, melhor, né?! Então que tal montar uma nécessaire com produtos lindos e que vão durar (quase) o dia todo? No verão, não dispenso uma boa máscara de cílios, um blush e um batom mais puxado para o bronze ou o vermelho aberto. Acho a temporada linda para apostar em cores mais alegres!

7 – Escolha um perfume com cheirinho de verão – Verão é a estação do frescor, de usar aquele perfume que passa a sensação de leveza e calmaria, né?! Não à toa, meus perfumes favoritos para essa época do ano são sempre os da família floral frutal. Docinhos, mas não ao ponto de serem enjoativos, sabe? Recentemente, recebi de O Boticário o LINDA Summer, a aposta da marca para o verão 2017, e amei.

dicas - linda summer

Desde o primeiro dia em que usei, ao menos uma pessoa me perguntou qual o perfume que eu estava usando. Acho que pelo cheirinho leve, fresco, com cara de verão mesmo. Delicioso!

A fragrância LINDA Summer custa R$ 114,90 e está disponível nas lojas físicas da marca e na loja online.

Se vocês tiverem outras dicas para ficar linda – sem derreter – no verão, também quero saber! Contem aqui nos comentários. :)

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira
30 de novembro de 2016

Jericoacoara: roteiros, dicas e custos para chegar ao paraíso

Brasil, Viagem

Quem me acompanha nas redes sociais viu que, em outubro, estive em férias numa das praias mais lindas do Brasil: Jericoacoara, no litoral do Ceará.

jericoacoara-jessica-deixemecontar

(Fotos: Marcilio Costa <3 )

jericoacoara-tatajuba-deixemecontar

Jeri, como é carinhosamente chamada, já estava nos meus desejos de viagem há tempos, mas sempre ouvi dizer que, além de extremamente cansativa (cinco horas de Fortaleza a Jijoca – município onde fica a vila de Jeri – e mais uma hora de pura estrada de terra e muita, muuuuita areia), era absurdamente dispendiosa. Assim, fui deixando para depois…

jericoacoara-duna-deixemecontar

Duna do Pôr do Sol, um dos momentos mais marcantes da viagem

jericoacoara-pedrafurada-deixemecontar

Pedra Furada, um dos pontos turísticos mais emblemáticos de Jericoacoara

No entanto, esse “depois” chegou (pausa para o suspiro nostálgico ♥) e, a pedido de vocês, fiz um relato em vídeo sobre toda a viagem. Com roteiros, dicas e custos para quem quer chegar ao paraíso!

Afinal de contas, quanto custa viajar para Jericoacoara?

Postei mais fotos da viagem lá no Instagram (@blogdeixemecontar).

Quem aí já foi a Jericoacoara? Gostou? Deixe aqui nos comentários a sua experiência! Vou adorar saber :)

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira