13 de setembro de 2016

Projeto 52 objetos | aquele de nº 18

52 objetos

agenda-projeto-52-objetos

O quê: Agenda 2004
Por quê: Conta detalhes de um ano cheio de novidades
Onde está: Na estante da sala
De onde veio: Comprei em alguma livraria/papelaria

E se a pessoa que encontrasse minha caixa fictícia do Projeto 52 objetos encontrasse uma agenda de… doze anos atrás?  Foi exatamente o que aconteceu comigo durante essa semana. Estava arrumando umas coisas na casa nova e, do nada, “achei” a minha Agenda 2004.

Gente, sem exageros, essa agenda é um verdadeiro Facebook analógico! hehehe E digo mais: antes mesmo de o próprio ter sido criado pelo Mark Zuckerberg!

Não é novidade para ninguém que amo escrever, né?! Já contei por aqui que sempre tive diários e que ainda costumo registrar muitos dos meus “momentos inesquecíveis” neles. Mas é sempre engraçado – e tenso – quando me deparo com coisas que foram escritas há muitos anos…

O ano de 2004 foi o ano em que passei no vestibular de Jornalismo. tive meu primeiro namorado e comecei a estagiar, ou seja, um ano cheio de mudanças, de descobertas e acontecimentos.

Lembro-me de vários momentos desse período. Alguns de forma bem superficial e (muitos) outros nos mínimos detalhes! No entanto, nas páginas da agenda está tudo devidamente descrito com a ansiedade e a perspectiva de quem tem seus vinte anos. Do jeito exato em que aquelas coisas foram vividas, sabe?

As vitórias prometiam mudar a vida demais, as derrotas pareciam determinar coisas demais, as dores aparentavam nunca ter fim e os erros pareciam impossíveis de serem consertados… Coisas que, hoje, leio com muitas risadas e – algumas vezes – um sonoro “Meu Deus, NÃO posso ter escrito isso! Não, não, nãããão! Não sou eu!” kkkkkkkkkkk

Mas sou! Eu aos dezenove/vinte anos, cheia de paixões, dúvidas e descobertas a serem vividas. E é tão gostoso poder reler e relembrar momentos que, até então, estavam escondidinhos na memória.

O meu primeiro bolo, por exemplo. Sempre contei, toda orgulhosa, que  ficou uma delícia, não solou e rendeu vários elogios. No entanto, não me lembrava de que a batedeira havia quebrado no meio do processo… Mas está lá, registradíssimo na agenda. Dia 9 de novembro de 2004. :)

Também não me lembrava da primeira consulta que tive com um médico ginecologista (digo médico homem) – que é meu médico até hoje – e do preconceito absurdo que muitas mulheres ainda têm em relação a isso. Está tudo descrito e questionado na agenda.

Outra coisa da qual não me lembrava foi o processo – demoraaaaado – de escolha para o meu primeiro “jantar romântico”. Lembro-me do dia, da roupa que estava e de como foi super legal, mas não me lembrava de que chovia torrencialmente na cidade e que, mesmo assim, fui de ônibus e sem guarda-chuva… #oamortemdessas

E o dia de compras de cinco blusas e duas calças jeans novas para começar a faculdade? kkkk T-U-D-O registrado nos mínimos detalhes! Só não conto sobre as duas páginas de ansiedade para a primeira prova porque estou, até agora, morrendo de vergonha…

Não sei porque, em algum momento da vida, achei que ter vinte anos fosse algo tããããao adulto… kkkkkkk

Para a minha surpresa – e enorme felicidade – também encontrei na agenda o endereço completo (com CEP e tudo!) de colegas que não vejo há mais de doze anos. Acho que vou movimentar os Correios com cartinhas ao longo dessa semana… <3

Na Agenda 2004 ainda encontrei poemas e textos que jamais lembrava ter escrito. Adesivos e cartões telefônicos (nascidos nos anos 1980 e 1990 entenderão rsrsrs) também estão por lá, além de alguns bilhetinhos carinhosos de amigos queridos.

Sem dúvidas, essa agenda daria muitas pistas sobre a Jéssica que eu fui aos 20 anos para quem abrisse a minha caixa do Projeto 52 objetos. Para mim, ela mostrou que o tempo é, definitivamente, o melhor remédio para tudo! E que, por mais que a gente mude – e é sempre importante mudar – a essência será sempre a mesma. ♥

Taí uma coisa que vou guardar para os meus netos! hehehe

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira
08 de Março de 2016

Uma pergunta por dia: a versão brasileira do Q&A Journal

Cotidiano

Lembram que contei por aqui sobre o Q&A a day, um diário com perguntas em inglês para serem respondidas no período de cinco anos? Pois é, no final do ano passado, a Editora Intrínseca lançou a versão brasileira desse projeto, o diário “Uma pergunta por dia”.

uma pergunta por dia (1)

Como já tenho a versão inglesa (e o One Line a Day), tentei resistir bravamente ao impulso colecionador de diários, mas, como vocês podem ver, não resisti por muito tempo… =p

uma pergunta por dia (2)

Assim como o Q&A, o Uma pergunta por dia tem o formato de um livro de bolso na cor marrom envelhecida, com a caligrafia do texto de apresentação na cor preta. Além, claro, das 365 perguntas (pelo visto, todos eles desconsideraram os anos bissextos, né?!), para as quais você dará respostas ao longo de cinco anos.  E o melhor: você pode começar quando quiser!

uma pergunta por dia (3)

O corte das páginas da versão brasileira também foi feito em dourado, o que faz do diário um lindo objeto de decoração. Acontece que, por algum motivo, a finalização do corte deixou a desejar, pois TODOS os exemplares que vi estavam com riscos, manchas ou dobraduras nas folhas. E não, não era pelo manuseio dos clientes, pois os próprios vendedores me falaram que “os diários chegaram às lojas assim”.

uma pergunta por dia (4)

Bom, eu sou super chata com finalização de páginas e conservação de livros, então bateu aquela tristezinha ao levar para casa algo que estava danificado. Mas se você não liga pra esse pequeno detalhe, saiba que Uma palavra por dia é um excelente exercício de autoconhecimento e diversão. Vale a compra e/ou presente.

Comprei o meu por R$ 39,90 na Saraiva do Shopping Riomar, mas acabei de ver que ele está em promoção na loja online.

Alguém aí tem o diário Uma pergunta por dia? O que achou?

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira
13 de agosto de 2015

Concurso Cultural Deixe-me contar no One Line a Day

blog deixe-me contar

No início do mês, contei por aqui sobre o One Line a Day, um diário de recordações para registrar os próximos cinco anos da sua vida! <3

Foram tantas curtidas e comentários fofos nas redes sociais que resolvi presentear um de vocês com este diário, que além de ser muito fofo, leva um pouquinho da minha paixão pela escrita a alguém aí do outro lado!

One line a day (diário)
Como os blogs são proibidos de fazer sorteios que não estejam vinculados à Caixa Econômica Federal, resolvi criar um Concurso Cultural. Nada mais justo, uma vez que o prêmio já exige que vocês escrevam, né?! hahaha

Para participar, é preciso ser leitor do Blog (estar seguindo a Fan Page ou o Instagram) e enviar um e-mail até o dia 30 de agosto para contato@deixemecontar.com.br com seus dados pessoais (nome completo, endereço com CEP e telefone) e descrevendo, em apenas cinco linhas, a recordação mais marcante da sua vida.

Fácil, né?!

A melhor resposta será divulgada aqui no blog no dia 1 de setembro e o autor levará para casa um One Line a Day, lindo, lindo, lindo para registrar os cinco próximos anos de sua vida! <3

Gostaram da surpresa? Estou louca para ler os e-mails de vocês!!!

Um beijo,

 

 

 

Jéssica Vieira
Jéssica Vieira